O que you parlez?!

Andando pela Gran Via, no centro de Madrid, lá pelos idos de 1997 (faz tempo, hein?! rs), um rapaz começa a me seguir com uma prancheta na mão, me gritando, assim:
-!Guapa, guapíssima! ?Ablas espanhol?"
Perguntei uma amiga que estava comigo:
- O que esse cara quer? Fica me gritando no meio da rua, me chamando de bela, belíssima pra cá e pra lá!?!
Ela me respondeu que eles ficam pelas ruas pedindo dinheiro para ditos trabalhos sociais. Então não dei atenção e continuei andando sem lhe responder. Mas ele continuou...
- "Guapa, guapíssima, parla italiano?". "Guapa, guapíssima, speacken deutch!" (nem sei se escrevi essa certo... huoahaouahauhaiuhaiuahi). "Guapa, guapíssima, vouz parlez francez?!"."Guapa, guapíssima, speak english?!"
Pronto! Pensei eu. Se eu falar em português, ele também vai falar português e eu estou frita, aí é que não me livro dele, meeeeesmo! Ai, meu Deus, o que faço?... Tenho que falar um língua que esse cara não conheça... Mas ele já falou em uns cinco idiomas! De repente, me lembrou do meu "dialeto local", me virei pra ele e falei:
- Ói, véi, na moral, se prante! Tá ligado, meu brodi?
Ele espantado, sem saber o que responder, ficou com "os-olhos-virando-e-a-cabeça-rodando", nada respondeu e foi embora.
Viva o meu bom baianês! huaohaaiuhoaiuhaoiuahaiuhaoiu

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ministério da Saúde propõe avanços na Política Nacional de Atenção Básica